terça-feira, 26 de novembro de 2013

:: O Vovô vai rir por último?

20131130 - BSA - CSC x Joinville

   Jogadores alvinegros admitem dificuldade, mas ainda acreditam no acesso. FOTO: BRUNO GOMES

Ceará pode se tornar o primeiro a entrar no G-4 apenas na última rodada e subir, desde o início dos pontos corridos

    Se conseguir o acesso na última rodada da Série B, o Ceará estará conseguindo um feito inédito. O clube pode se tornar o único, desde o início dos pontos corridos em 2006, a entrar no G-4 apenas na derradeira rodada.

       Os outros postulantes ao acesso, o 4º colocado Figueirense, e o 5º lugar Icasa, já estiveram lá. O time catarinense esteve no G-4 por oito vezes até a 11ª rodada, e só retornou na 37ª, totalizando 9 presenças. Já o Verdão do Cariri, ficou no seleto grupo da 33ª a 36ª, portanto, por quatro vezes.

    O máximo que fez o Vovô foi terminar as 35ª e 36ª rodadas em 5º lugar. E para conseguir o histórico feito, os alvinegros, empatados com os rivais em 59 pontos mas atrás pelos critérios de desempate, terá que vencer Joinville no Castelão, no sábado, e torcer para que Icasa empate com o Paraná fora de casa, e o Figueirense empate com o Bragantino, também fora. O Vovô também pode subir com um empate, caso os dois rivais percam.

Crença no acesso

    Os jogadores do Ceará sonham em rirem por último, já que a bateram na trave para entrar no G-4 nas últimas quatro rodadas, e sempre um resultado paralelo tirou a equipe.

    O volante Ricardinho sonha com o desfecho final ideal. "Seria melhor se dependêssemos só da gente para conseguir o acesso. Mas temos grandes chances. Primeiro pensando no nosso jogo, vencendo o Joinville e depois pensar nos outros resultados. Será a última rodada, que pode confirmar nosso acesso em uma única participação no G4, então, tomara que Deus esteja reservando essa situação pra gente", declarou o volante.

    Já o lateral-esquerdo Vicente, disse que o melhor é entrar no G-4 em definitivo do que ficar nele em grande parte do campeonato e sair. "Sabemos que é frustrante ficar no G-4 muitas rodadas e sair no final. Tentamos várias vezes entrar, mas sempre algum resultado não nos favorecia. Se entrarmos no G-4 será um prêmio merecido para o grupo".

    Dos times que estiveram no G-4 e já estão eliminados, são Paraná, que esteve por 19 rodadas, o Joinville, por 14, Avaí, por cinco rodadas e América/MG, uma vez.

Retrospecto

    No histórico da Série B, muitas equipes que subiram após 38 rodadas, mantiveram um desempenho constante. Foram raras as vezes em que uma equipe entrou no G-4 apenas na reta final para não sair mais, em uma reação semelhante a que o Vovô pode conseguir. Duas situações assim já ocorreram: em 2008, com Barueri entrando no G-4 apenas na 34ª rodada, e o Sport, em 2011, entrou apenas na penúltima, a 37ª.

    Outras reações, aconteceram com clubes que terminaram em 3º, conseguindo grandes reviravoltas: o Ipatinga, em 2007, chegou ao 4º lugar apenas na 30ª rodada, e ainda ganhou uma posição. O mesmo aconteceu com o Atlético/PR, que em 2012 alcançou o 4º lugar na 31ª, e acabou em 3º, ultrapassando o Vitória, que acabou em 4ºlugar, empatando em pontos - 71 - com o São Caetano, e estava no G-4 desde a 5ª, mas por pouco não ficou de fora. Em outros anos, o América/RN, em 2006, entrou no G-4 na 31ª rodada; em 2007, o Vitória na 28ª; em 2009, o Atlético/GO na 31ª; em 2010, o América/MG, na 21ª.

Mesma arbitragem

    O árbitro da partida de sábado, entre Ceará e Joinville, Péricles Bassols, da FIFA-RJ, apitou o jogo entre Ponte Preta e Ceará, em 2009, quando o alvinegro venceu por 2 a 1 e conseguiu o acesso à Série A. | Fonte: VLADIMIR MARQUES - REPÓRTER (Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário