segunda-feira, 25 de junho de 2012

:: Dos oito pontos, sete foram conquistados nos últimos três jogos

    Pode não ser ainda a formação ideal, como também pode não ser o esquema tático para encher os olhos, mas uma coisa é certa: a recuperação da equipe é uma verdade.

    Dos oito pontos conquistados em sete jogos, sete deles aconteceram nas últimas três partidas. Neste início de campeonato, qualquer ponto faz muita diferença e, com os três pontos conseguidos contra o Atlético/PR, o Ceará subiu cinco posições na tabela.

    Alguns podem não ter dado importância à vitória do alvinegro sobre o rubro-negro paranaense, mas o Atlético é uma das equipes favoritas ao título e, com certeza, um time que deverá estar entre os quatro primeiros que terão vaga na Série A de 2013.

    A vitória, então, foi muito importante, graças ao oportunismo e à incrível raça do atacante Romário e à salvadora defesa de Fernando Henrique no penal. Se FH estava em dívida por algumas falhas e, principalmente, pela desastrada atuação contra o Guaratinguetá, foi também o responsável pela "conquista destes dois pontos" contra o time paranaense.

     Fernando Henrique vibrou bastante com a defesa do penalti. "Quando o juiz marcou o pênalti, eu disse para a minha defesa: ´podem correr para o rebote porque eu vou pegar´", previu o goleiro alvinegro, que voltou a ser chamado de “paredão”. No final da partida, FH ofereceu a defesa do penalti ao atleta Geraldo, que está hoje no rival. "Esse gol vai para um amigo, não interessa em qual clube ele esteja no momento, que é do outro lado, no maior rival. A vitória é para o Geraldo. Infelizmente, a mãe dele faleceu nesta semana e espero que Deus conforte o seu coração", disse o goleiro alvinegro. "O Geraldo me ajudou muito quando aqui cheguei e é uma pessoa muito boa, humana", completou.

0 comentários:

Postar um comentário