segunda-feira, 15 de agosto de 2011

:: As saideiras de sempre...

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

    Uns saem apressados pois a mulher em casa só dá 30 minutos de prorrogação. Outros vão embora mais cedo pois o mando de campo é limitado. Mas há aqueles que se achegam, juntam as mesas e começam a conversar miolo de pote.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

    Mentes privilegiadas, na falta do que fazer, os embaixadores começam a aprontar as marmotas. A birita deixa o sujeito mais criativo e é nessa hora que são disparados aqueles telefonemas com temas caninos, bovinos e outros bichos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

    O canelau ri à toa. O Siloé traz mais duas, capricha no tira-gosto e o tempo vai passando. Quando vê, já está quase na hora de capar o gato. E aí vem a saideira e os garçons levam as mesas e as cadeiras. Lavam o chão e molham os sapatos da gente.

    Só resta tomar aquela do balcão. É essa tal, conhecida pelo vulgo de "expulsadeira", o sinal para pegar o beco.

    É assim a Embaixada! Um lugar cheim de amigos que formam a grande família alvinegra no Planalto Central!

0 comentários:

Postar um comentário