domingo, 20 de fevereiro de 2011

:: Lance faz matéria com a Embaixada do Vozão

GUSTAVO SERBONCHINI E LUIS DOMINGUES
craquedofuturot@lancenet.com.br

Lance - 1

    Como todo grande clube, o Ceará possui torcedores espalhados pelo Brasil inteiro. A boa campanha recente no Brasileirão serviu para animar os alvinegros que moram fora do Estado. Em Brasília, um grupo de cerca de 90 torcedores se reúne em um bar para assistir aos jogos do Vovô desde que o clube voltou à elite do futebol brasileiro. Mas, neste Campeonato Cearense, as coisas vão ser diferentes. As partidas da competição não serão transmitidas para fora do Estado. Sem a TV, a Embaixada do Vozão vai fazer de tudo para conseguir acompanhar o clube na competição, que não é vencida desde 2006. De lá para cá, o Fortaleza ficou com o título em todas as edições.

–    A ausência de transmissão do Campeonato Cearense pelas televisão por assinatura é o nosso grande problema. Ainda não foi possível assistir a um duelo pela TV e, com isso, acompanhamos pela internet. Apenas o placar ou em rádios online disse David Dias, um dos idealizadores do projeto. Com um elenco repleto de astros e novidades o Ceará contratou o atacante Iarley, ex-Corinthians, e o goleiro Fernando Henrique, ex-Fluminense, a torcida não vai ficar parada e promete esforços para prestigiar os jogos do Vozão, favorito na competição regional.

–    Alguns de nossos membros estão dispostos a viajar até Fortaleza para acompanhar os jogos decisivos do campeonato e, quem sabe, ver o Ceará campeão. Sem partidas para assistir, a torcida
precisa de outras iniciativas para manter o sucesso conquistado em 2010, ano em que a Embaixada conseguiu se consolidar no Distrito Federal. Para isso, os diretores vem se mexendo para não deixar a união entre eles morrer.

    Não podemos parar. Temos de continuar em atividade. Alguns churrascos e eventos já estão sendo pensados para sair do papel durante esses meses sem transmissão.

Lance - 4

Lance - 5 - David

Lance - 2

         [+ Veja aqui a matéria completa +]

0 comentários:

Postar um comentário